quarta-feira, abril 27, 2011

Que ou aquele que padece de algum mal físico e/ou moral


Olívia está doente. Coitada. Tão nova e desde cedo, descontrolada.
A mãe de Olívia está doente. Coitada. Nem tão velha, no entardecer da vida, pôr-se a adoecer do outro. Doença grave.
O irmão é doente-avesso de Olívia. Coisa esquisita. Doideira para escolher: cara ou coroa.
A tia de Olívia tem um ano que adoeceu de amor acabado. Não há meio de esquecer a moça. O tio, sempre tão alegre, está doente dos olhos. Verdes, tão verdes, agora opacos. Perda crônica de clorofila vital.
A vó de Olívia tem doença com nome e endereço - depressão- e endereço, o dela. Parece que casa de vó é boa até mesmo para depressão. Mas faz tempo que Olívia não vai até lá. Ela está doente.
A outra vó de Oli - esse é o apelido da menina - está doente do tempo. Muito tempo. Tanto tempo que se esqueceu que gostaria de não mais viver.Agora tem medo de morrer. Então é morta-viva.
A filha dessa vó, tia de Olívia, tá doente de gorda.Vai explodir. Assim como a prima da mesma idade de Oli e a mãe dessa prima que além de gorda esqueceu-se de crescer e tem a mesma idade da filha. Portanto, doentes iguais.
A família , como se vê, é grande. Diversa. Doente. Tem mais gente. E doença para cada um deles. Mas vou parar por aqui. Preciso tomar meu remédio. Não, não estou doente não. É só uma questão de prevenção.
Nossa! Ia me esquecendo do pai de Olívia. Esse garante que é saudável e não é por falta de esforço. Ele tenta com afinco adoecer.

Um comentário:

  1. Maria Antônia, SENSACIONAL!!!! A-DO-REI!!!! Fazia um tempo que eu não passeava por aqui....
    Gabriela Finazzi

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...